ANTEVISÃO DA 14ª JORNADA – ENTREVISTA A ANDRÉ DARA
“Mais sedentos do que nunca”
Este sábado, às 21:30, o Maia Basket/Escape Forte abre o ano de 2017 recebendo o Eléctrico de Ponte Sôr em jogo a contar para a 14ª jornada da Liga Placard. O jogo da primeira volta, fora de casa, teve um desfecho positivo (vitória por 75-81), pelo que esta partida representa a oportunidade perfeita de regressar aos triunfos.

Na antevisão a este jogo fomos falar com André Dara, capitão da equipa sénior do Maia Basket que já conta 7 temporadas a vestir de vermelho e azul.

 

Dara, no jogo da primeira volta frente ao Eléctrico também foste tu o entrevistado, esperemos que seja um bom prenúncio novamente. Na altura disseste que teríamos todas as condições para sairmos vitoriosos deste duelo. A nossa equipa vive um momento de mudança devido à troca de treinador principal. Achas que as ideias do novo treinador João Oliveira já estão assimiladas e que temos condições para repetir o resultado positivo?

Claro que sim. Vamos jogar em casa, defrontamos uma equipa que já conseguimos vencer esta época e, apesar de estarmos num momento de mudança, estamos mais sedentos do que nunca por voltar às vitórias. Por isso, acho que temos todas as condições para sair vitoriosos no final do encontro. É óbvio que qualquer processo de assimilação de novas ideias é um processo prolongado que só irá ficar verdadeiramente consolidado mais para a frente, no entanto, acho que a equipa está a conseguir absorver rapidamente todos os conceitos e directrizes que o novo treinador está a implementar.

 

O Eléctrico é uma equipa que já conhecemos bem. O que precisamos de fazer para os levar de vencida?

Em primeiro lugar, é fundamental entrarmos no jogo com a máxima concentração (naquilo que será o plano de jogo) e ter o máximo de intensidade e empenho desde o primeiro ao último segundo do jogo. Será igualmente necessário sermos muito competentes defensivamente, para condicionarmos ao máximo os pontos mais fortes do adversário, nomeadamente no lançamento exterior, no ressalto ofensivo e nas transições rápidas, assim como, sermos suficientemente inteligentes para poder rentabilizar as nossas melhores armas no ataque, aproveitando todas as debilidades defensivas do adversário. No entanto, julgo que a vontade de vencer vai ser preponderante para conseguirmos atingir o nosso objectivo.

 

“É extremamente importante o apoio dos adeptos durante os jogos! Sempre que temos um pavilhão cheio e nos sentimos apoiados, os atletas ficam naturalmente mais motivados e torna-se visível a capacidade de fazer um esforço extra quando é necessário, e principalmente, a confiança com que encaram as adversidades por se sentirem tão apoiados.” foram as tuas palavras na outra entrevista. Queres acrescentar algo às tuas declarações da primeira volta ou está tudo dito relativamente à massa adepta?

Reafirmo e sublinho tudo o que disse nas minhas ultimas declarações. Espero contar com todos os adeptos e simpatizantes do clube no pavilhão já este sábado à noite!! A equipa precisa do vosso apoio para conseguir mudar o rumo dos acontecimentos e começar a escrever, desde já, uma nova página da historia do clube… Ano novo, vida nova!!!